IsraelNotíciasCarlo Porto adianta mudança de Saul na terceira temporada de Reis

Carlo Porto adianta mudança de Saul na terceira temporada de Reis

-

Ator comentou construção do personagem e contou o que costuma fazer nos bastidores antes de gravar.

A segunda temporada da série Reis mostrou o início da trajetória de Saul, interpretado por Carlo Porto. O homem simples, que se tornou rei de Israel ao longo da trama, passou por diversos conflitos familiares até, enfim, ser coroado. Para o site oficial, o ator analisou o personagem e contou como foi a construção da trajetória dele em A Ingratidão.

“Ele não tinha pressão nenhuma. Levava a vida de forma leve e tranquila com a família. Até que, em determinado momento, soube que seria o rei de Israel. A vida dele virou de ponta cabeça e nada mais foi normal a partir desse ponto. O que contamos na [segunda] temporada é a parte boa da história do Saul. Ele precisava ganhar a confiança das pessoas e trabalhou para isso. [A trama] Nos mostrou um Saul que tinha tudo para dar certo. A partir de agora, o que vamos ver é diferente”, comentou.

O final da segunda temporada ressaltou essa mudança no comportamento durante uma cena com Sama (Juliano Laham). O israelita buscou a ajuda de Quis (Carlos Vieira) após duas tentativas falhas de falar com o rei, e o público repercutiu a atitude diferente de Saul. Para Carlo Porto, parte dos telespectadores pode ter dificuldade de compreender as motivações que levaram o personagem a agir de outra maneira na próxima fase da trama.

“Para o meu trabalho, é muito desafiador o que vai acontecer. Provavelmente, as cenas mais difíceis que vou gravar em toda a série estão na terceira temporada. A trama está muito bem escrita e estamos correndo para produzir algo que vai chegar com a máxima qualidade. Estou trabalhando muito para que essa transição aconteça e as pessoas entendam. Sou disciplinado, estudo e quero entender quais são os movimentos que Saul faz para justificar uma mudança [de comportamento]”, disse.

Entre os momentos mais prazerosos de gravar, o ator destacou as cenas em família. Já entre os difíceis, ele citou as cenas da unção de Saul e da batalha contra os amonitas.

“Nada é fácil. As sequências de brincadeira em família são leves e gostosas de fazer. Mas o momento em que Saul acaba de ser ungido rei foi difícil. A batalha também, por questões técnicas. Passamos mais de uma semana gravando. Lembro que fiquei uns dez dias com dores em todo o corpo. Foi desgastante fisicamente”, contou.

Escolhido por Deus, o líder de Israel foi ungido duas vezes na trama. Carlo Porto relembrou os momentos, que foram marcantes durante as gravações.

“Ele nunca imaginou que fosse ser ungido rei. E, depois, na sequência da coroação, tivemos um segundo momento, em que foi ungido novamente. Foi especial e bonito de se ver. São pontos de inflexão na história de uma pessoa, e viver isso também é especial. Não sou Saul, mas fui Saul ali e experimentei um pouquinho daquilo também”, contou.

Nos bastidores, o ator costuma ser simpático e carinhoso com todos do elenco e da equipe, mas, em dia de cenas complicadas, ele contou que age de maneira diferente.

“Tento ficar quieto. Em um dia que souber que vou gravar cenas difíceis, vou procurar falar pouco. Fico mais introspectivo, porque estou naquele processo de concentração. Então, tento canalizar e me dispersar o mínimo possível para que, na cena, eu entregue tudo”, comentou.

Não perca, em Agosto, a terceira temporada de Reis, na Record TV Israel.

 

Artigos Relacionados

Tel Aviv
céu limpo
24.5 ° C
25.6 °
22.3 °
65 %
1.5kmh
0 %
Seg
29 °
Ter
29 °
Qua
28 °
Qui
28 °
Sex
26 °
Skip to content