fbpx
Select Page
Coronavírus

60% dos portugueses têm dificuldade em comprar máscaras

As pessoas mais carenciadas são as mais atingidas pela covid-19.

23 Maio, 2020 - 09:00

Diogo Ramalho

De acordo com o Jornal de Notícias, o inquérito da Escola de Saúde Pública, dirigida por Clara Nunes, conclui que 60% dos portugueses têm dificuldade em comprar máscaras e, entre os que ganham até 650€ mensais, metade diz que são demasiado caras.

O estudo diz ainda que estas são as pessoas com menor instrução e que menos têm acesso ao teletrabalho e 54% tem de se deslocar para o local de trabalho. Fazendo uma análise rápida da instrução, o fosso agrava-se: 76% dos quais estudaram até ao 9.º ano de escolaridade não podem ganhar a vida em teletrabalho.

Os mais carenciados são, assim, os mais expostos à doença e também os que mais perderam rendimentos.

Duas em cada três pessoas a ganhar 650€ perderam rendimentos, no todo ou em parte. Entre a primeira semana em que este estudo se realizou e agora, o número de pessoas que diz ganhar abaixo deste limiar triplicou.

ViajeCaDentro

Passatempo Oceanário

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Record TV Europa