Covid-19 leva a novos encerramentos na China

Covid-19 leva a novos encerramentos na China
REUTERS/Tingshu Wang

Cidade de Pequim registou 49 infeções nas últimas 24 horas. Política de ‘zero casos’ leva ao isolamento de bairros ou cidades inteiras.

Na cidade de Pequim, os parques, centros comerciais e outros locais de entretenimento voltaram a encerrar.

Nas últimas 24 horas foram detetadas 49 novas infeções por Covid-19 o que levou a novas restrições e isolamentos na cidade chinesa.

A rigorosa política de “zero casos” que o país insiste em manter obrigou também ao encerramento de ginásios, restaurantes e muitas rotas de autocarros e linhas de metro foram reduzidas ou mesmo totalmente interrompidas.

Os distritos de Chaoyang e Shunyi, os principais afetados pelos novos casos, estão paralisados, com os moradores a optarem pelo teletrabalho enquanto estão impedidos de deixar a sua área de residência.

Desde dia 22 de abril, Pequim reportou um total de 77 casos de infeções por Covid-19.

A política chinesa de “zero casos” relativamente à pandemia obriga ao encerramento e isolamento de bairros e cidades mediante o aparecimento de novos surtos, medidas que estão a ser tomadas um pouco por todo o território chinês.