Detidos com testes falsos à covid-19 em Lisboa

Detidos com testes falsos à covid-19 em Lisboa

PJ deteve três mulheres e quatro homens nas portas de embarque do aeroporto Humberto Delgado.

A operação ‘Voo Rasante’ entrou em ação quando a Polícia Judiciária foi chamada ao Aeroporto de Lisboa para investigar testes à covid-19 suspeitos apresentados por pelo menos sete pessoas. Iriam viajar para a Europa e as regras exigem teste negativo à covid-19.

Já nas portas de embarque, os inspetores intercetaram quatro homens e três mulheres e constataram a falsidade dos comprovativos.

As sete pessoas, com idades entre os 26 e os 36 anos, acabaram por ser detidas por estar em causa o crime de falsificação de documento, mas o trabalho investigatório da PJ não termina por aqui. Os investigadores querem saber se por detrás destes falsos testes estará alguma rede, ou como foram adquiridos. 

Além do crime de falsificação, os suspeitos podem ainda ser acusados de propagação de doença caso estejam infetados. Vão ser presentes a juiz no Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa. A operação da PJ foi realizada em colaboração com os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde.