fbpx
Select Page
Coronavírus

Diretora de lar em Melgaço constituída arguida

Mulher poderá ser acusada de propagação de covid-19.

13 Julho, 2020 - 11:33

Virginia Galván

A diretora de serviços do Centro Paroquial de Paderne, em Melgaço, vai ser constituída arguida, podendo ser acusada de propagação de covid-19.

A mulher promoveu o ‘beijar da cruz’ durante uma celebração pascal no lar, em que participaram 17 idosos.

Um vídeo circulou nas redes sociais, no entanto, as imagens acabaram por ser apagadas devido aos comentários negativos.

ViajeCaDentro

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Record TV Europa