fbpx
Select Page
Coronavírus

EUA: enfermeiras usam sacos de plástico para se protegerem

Um dos funcionários morreu na terça-feira, infetado com covid-19, e colegas defendem que hospital deve assumir a responsabilidade.

26 Março, 2020 - 15:52

Vânia Mateus
New York Post

No hospital de Manhattan, nos EUA, a escassez de material de proteção é tal que as enfermeiras decidiram vestir sacos de plástico por cima das fardas, de modo a sentirem-se mais seguras.

O caso tornou-se público depois de um grupo de profissionais ter partilhado nas redes sociais uma imagem, tirada nos corredores do hospital de Mount Sinai West. De acordo com o New York Post, as enfermeiras estavam a usar as mesmas batas, tanto com pacientes infetados como com quem não está infetado.

No Facebook, as profissionais de saúde partilharam a imagem juntamente com a legenda: “Não há máscaras nem reutilização dos descartáveis. As enfermeiras descobriram isto durante a crise”.

Uma enfermeira diz mesmo que a falta de material no hospital já se arrasta há um ano, levando a que muitos escondam o material de trabalho para que não seja utilizado por outros colegas. A situação agravou-se ainda mais com a pandemia de covid-19.

Entretanto, esta terça-feira, um profissional do hospital morreu devido ao novo coronavírus. Tinha 48 anos e tinha testado positivo há duas semanas. Os colegas acreditam que as más condições de trabalho estão na origem da morte de Kious Kelly e pedem que o hospital seja responsabilizado.

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Record TV Europa