fbpx
Select Page
Coronavírus

Madeira recebeu 23.900 vacinas contra a covid-19 da Pfizer

Governo Regional revela que vai permitir “aumentar a taxa e a velocidade de vacinação” no arquipélago.

5 Abril, 2021 - 14:51

Record TV com Lusa

“Esta foi, até à data, a maior tranche recebida desta farmacêutica”, segundo a nota distribuída pelo gabinete de comunicação do SESARAM.

Na mesma informação, o SESARAM adianta que “para este mês de abril estão ainda previstas mais duas entregas de vacinas tanto da AstraZeneca como da Pfizer”.

As vacinas hoje recebidas vão permitir “aumentar a taxa de vacinação e a velocidade de vacinação”, declarou a diretora do Núcleo Farmacêutico do SESARAM, Martinha Garcia, na mesma nota.

No sábado, chegaram à Madeira 8.500 vacinas da AstraZeneca.

“Até ao dia 28 de março, foram administradas na Região Autónoma da Madeira 46.037 vacinas contra a covid-19, desde o dia 31 de dezembro de 2020”, segundo o último boletim distribuído pelo gabinete do secretário regional da Saúde do arquipélago.

No mesmo documento é referido que “as pessoas vacinadas integram os grupos prioritários definidos no Plano Regional de Vacinação contra a covid-19 na Madeira, de acordo com a alocação das vacinas à região”.

Segundo a mesma informação, do total de vacinas administradas (46.037), “30.426 correspondem à administração da primeira dose e 15.611 foram segundas doses da vacina”.

Na sexta-feira, começaram também a ser vacinados os utentes com trissomia 21 (59 pessoas) e, “ao longo desta semana, foi dada continuidade à vacinação das pessoas com mais de 80 anos”, é acrescentado.

A secretaria da Saúde salienta que “até ao dia 28 de março, 87% das pessoas residentes na região, com mais de 80 anos, receberam a primeira dose da vacina” e que, deste grupo, um total de 5.605 pessoas, “50,7%, têm a vacinação completa”.

O Plano Regional de Vacinação covid-19 da Madeira estabelece três fases, a começar pelos grupos prioritários, ao que se seguem as pessoas com comorbilidades e, depois, o resto da população.

A estimativa aponta para que sejam vacinadas 50 mil pessoas na primeira fase, outras 50 mil na segunda fase e, por fim, 100 mil pessoas.

O presidente do Governo da Madeira, Miguel Albuquerque, já afirmou publicamente que o objetivo é ter 70% da população da região, cerca de 260 mil habitantes, vacinada até ao final de setembro.

Segundo os últimos dados divulgados ontem pela Direção Regional de Saúde, a Madeira registou mais 14 casos de infeção por SARS-CoV-2, três dos quais importados da Lituânia e de Espanha, e 11 de transmissão local, e teve também 17 pessoas recuperadas.

PUB

Últimas

PUB

Slide

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Record TV Europa