Morre ao expor-se à covid-19 para ter certificado

Morre ao expor-se à covid-19 para ter certificado

Mulher ter-se-á recusado a ser vacinada contra a doença.

Hana Horka morreu no domingo, depois de ficar deliberadamente infetada com covid-19 para ter acesso ao certificado de recuperação.

A mulher de 57 anos, vocalista da banda folclórica Asonance, já se tinha assumido como negacionista, não querendo ser vacinada contra a covid-19.

O marido e o filho, ambos vacinados, ficaram infetados antes do Natal e Hana manteve-se voluntariamente exposta ao vírus.

O seu objetivo era ter certificado para que pudesse ir livremente ao teatro e à sauna, por exemplo. 

“Ela decidiu continuar a viver conosco normalmente e preferiu ficar infetada a vacinar-se”, disse o filho Rek, à imprensa checa.

Na sua última publicação nas redes sociais, a mulher diz que está a sobreviver à Delta e que, brevemente, vai poder visitar estabelecimentos culturais sem testar o ser vacinada.