fbpx
Select Page
Coronavírus

“O país nunca teve tantas vacinas contra a gripe como este ano”

DGS faz ponto da situação de vacinação contra a covid-19 e a gripe.

8 Outubro, 2021 - 15:46

Daniela Carrilho

Numa conferência de imprensa do ponto de situação sobre a vacinação contra a gripe e contra a covid-19, Graça Freitas sublinhou que “o país nunca teve tantas vacinas contra a gripe como este ano”.

Até ao momento, já foram inoculadas 130 mil vacinas, “63 mil das quais em pessoas com 80 ou mais anos de idade”, segundo a diretora-geral de Saúde.

A vacinação contra a gripe arrancou no passado dia 27 de setembro nos lares.

No mesmo ponto de situação, Graça Freitas adiantou que a vacinação contra a covid-19 “é inequivocamente um sucesso” e Portugal “está nos melhores países do mundo, senão o melhor país do mundo”.

A diretora-geral alertou que apenas as vacinas da Pfizer foram aprovadas e têm autorização para a terceira dose. A recomendação é que seja administrada seis meses depois da última dose.

No entanto, doentes imunossuprimidos podem ser vacinados com a Moderna.

“É preciso dar um reforço à imunidade. Não quer dizer que a tenham perdido, mas é preciso voltar a colocá-las na proteção ótima. Vamos começar a terceira dose da vacina contra a covid-19 a pessoas de 65 anos”, afirmou Graça Freitas, acrescentando que a prioridade são pessoas com 80 ou mais anos.

No que diz respeito a doentes recuperados, ainda “não há indicação de dose de reforço”.
Portugal atingiu os 85% da população vacinada contra a covid-19 e Graça Freitas considera que o país deve estar “orgulhoso” desta meta.

A diretora-geral da Saúde revelou ainda que há estudos que indicam que “há uma atenuação” da proteção contra a doença com o passar do tempo.

Alguns grupos são mais afetados e, por isso, foi tomada a decisão de dar uma dose de reforço a imunodeprimidos a pessoas com 65 ou mais anos.

De acordo com Graça Freitas, a DGS está a aguardar indicação da Organização Mundial da Saúde para a co-administração das duas vacinas ao mesmo tempo. Até ser conhecida a decisão, a vacina da gripe e as terceiras doses contra a covid-19 serão feitas “num sistema misto”, com 14 dias de intervalo.

PUB
A Fazenda 13 - Tudo a Ver

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

  • Share Magazine 52 - Letícia Almeida
Record TV Europa
Share This