fbpx
Select Page
Coronavírus

Praticantes de polo aquático em quarentena em Paços de Ferreira

Professor da modalidade foi diagnosticado com covid-19.

10 Julho, 2020 - 12:21

Record TV com Lusa

Vinte e um praticantes de polo aquático, incluindo nove crianças, em Paços de Ferreira foram colocados em isolamento profilático, depois de um professor da modalidade ter sido diagnosticado com covid-19, informou hoje a câmara municipal.

Segundo aquela autarquia no distrito do Porto, o isolamento foi determinado pela autoridade de saúde, para as crianças do escalão sub-12 e para 12 atletas seniores da modalidade.

O professor infetado pertence ao Pólo Aquático do Clube Aquático Pacense (CAP) e, segundo o município, “dava aulas a um conjunto de alunos do CAP nas piscinas de Paços de Ferreira e Freamunde”.

Os equipamentos manter-se-ão em funcionamento, por decisão da autoridade de saúde, acrescentou a câmara municipal.

“Atendendo às circunstâncias que envolvem a forma como esta modalidade estava a ser ministrada, às medidas de contingência em vigor nestes equipamentos desportivos e, também, ao facto de os jovens atletas em causa utilizarem um balneário próprio durante a sua permanência nas piscinas, foi decidido pela Autoridade de Saúde Pública Local manter estes equipamentos abertos ao público”, lê-se no comunicado.

A situação continuará a ser monitorizada durante os próximos dias, mas a empresa municipal Gespaços, que gere os equipamentos, “decidiu reduzir, ainda mais, a lotação das piscinas exteriores, passando dos atuais 325, para um máximo de 200 utilizadores, num espaço cuja lotação máxima é superior a 800 pessoas”.

Relativamente às piscinas interiores e ao ginásio, assinala a autarquia, manter-se-á “um conjunto de medidas especiais que foram adotadas desde a reabertura destes espaços e que garantem a segurança dos seus utilizadores”.

No concelho de Paços de Ferreira, a câmara municipal mantém-se encerrada depois de terem sido detetados esta semana oito casos positivos de covid-19, incluindo o presidente da autarquia, Humberto Brito.

Uma empresa do concelho encontra-se encerrada depois de terem sido detetados, esta semana, três casos de infeção pelo novo coronavírus.

A Escola Básica n.º 2 de Paços de Ferreira também foi encerrada após a informação, no domingo, de que seis pessoas tinham sido infetadas com o novo coronavírus.

ViajeCaDentro

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Record TV Europa