fbpx
Select Page
Coronavírus

Universidade de Lisboa presta apoio no combate ao novo coronavírus

Estádio Universitário de Lisboa acolhe hospital de campanha com capacidade para 500 camas.

4 Abril, 2020 - 15:33

Patrícia de Freitas
Lusa/Rodrigo Antunes

Segundo o reitor da Universidade de Lisboa, António da Cruz Serra, o hospital ficará instalado em três pavilhões do complexo desportivo e num dos relvados haverá uma tenda com 100 camas.

O hospital de campanha estará pronto a funcionar a partir de hoje e pode vir a receber doentes infetados ou com outras patologias, dado que o espaço será dividido em áreas independentes. Caberá aos profissionais e autoridades de saúde determinar o melhor uso do Estádio Universitário, seja para pacientes com Covid-19 ou para doentes do Hospital de Santa Maria ou de outras unidades hospitalares.

Nas imediações dos três pavilhões desportivos do estádio vão ser montadas tendas onde serão confecionadas e distribuídas refeições ao pessoal hospitalar.

Além disso, a UL pôs à disposição os espaços e garante a confeção e distribuição de alimentos através dos Serviços de Ação Social na Cantina Velha. A autarquia de Lisboa fica encarregue da montagem do equipamento e logística e o Exército responsável pelo fornecimento de camas.

Cruz Serra informou ainda que a nova residência do campus da Ajuda, que agora está sem estudantes devido à paragem das aulas presenciais devido ao surto, tem disponíveis mais de 180 camas para acolher doentes ou profissionais de saúde.

O Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina e a Faculdade de Farmácia da UL têm, desde ontem, capacidade para realizar 1000 rastreios diários de diagnóstico da epidemia viral.

As ajudas não se ficam por aqui. O Instituto Superior Técnico e a Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa estão a produzir viseiras de proteção para serem entregues aos hospitais, através da impressão 3D.

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Record TV Europa