fbpx
Select Page
Coronavírus

Vírus pode sobreviver 28 dias à temperatura ambiente

Estudo científico, realizado na Austrália, sugere que as altas temperaturas reduzem a possibilidade de infeção por covid-19.

18 Outubro, 2020 - 09:11

Patrícia de Freitas

Nas janelas, nos cartões multibanco, em notas e até num dos objetos que mais dependência tem causado à humanidade: nos telemóveis. Um grupo de investigadores australianos acredita que a Covid-19 pode resistir 28 dias em superfícies lisas à temperatura ambiente de 20 graus celsius.

São mais 10 dias de sobrevivência do que o vírus da gripe.

Mas as conclusões não se ficam por aqui. Os cientistas expuseram o novo coronavírus a temperaturas mais elevadas e concluíram que o calor reduz a sobrevivência do mesmo.

Por exemplo, a 30 graus, a Sars-Cov-2 resiste 21 dias em notas de papel e 7 dias em cartões de plástico ou aço inoxidável. Mostra ainda mais fragilidade quando exposta a temperaturas de verão.

“A 40 graus celsius, o vírus sobreviveu menos do que 24 horas. É um bom indicador porque, no verão, não deve durar muito tempo mas ainda assim temos de manter as regras de lavagem das mãos e de desinfeção”, afirma Shane Riddell, da Organização de Investigação Científica e Industrial da Commonwealth da Austrália.

Uma descoberta que pode ajudar no desenvolvimento de mecanismos que reduzam os riscos de contágio em materiais de elevado contacto, como nas caixas de supermercado.

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Record TV Europa