fbpx
Select Page
Cultura & Famosos

Maria João Abreu, a eterna Lucinda

Mundo das artes ficou hoje mais pobre com a morte prematura da atriz, aos 57 anos.

13 Maio, 2021 - 18:59

Virginia Galván

Nascida em Lisboa, a 14 de abril de 1964, Maria João Gonçalves Abreu Soares era uma das mais acarinhadas artistas portuguesas, com quase 40 anos de carreira.

Oriunda de famílias humildes, ao ponto de procurarem “tostões nas gavetas” para comprar um quilo de arroz, Maria João começou muito cedo a trabalhar.

Estreou-se como atriz com apenas 19 anos, no musical Annie de Thomas Meehan, dirigido por Armando Cortez, no Teatro Maria Matos.

Fez vários espetáculos de revista, consagrando-se como atriz de comédia, e o teatro foi paixão que nunca a abandonou. Foi na televisão, contudo, que se tornou bem conhecida do público.

Em 1998 ganhava vida Lucinda, a empregada nortenha de Médico de Família, com o seu famoso “ó troilaré, ó troilará”, que para sempre ficará no coração e memória dos fãs.

A série foi um enorme sucesso, sendo exibida durante três temporadas, ao longo de quase três anos.

Foi também em 1998 que fundou, com o ator e marido na altura José Raposo, a produtora Toca dos Raposos, que levou a cena a revista Ó Troilaré, Ó Troilará e o musical Mulheres ao Poder.

Participou em dezenas de produções televisivas, integrando o elenco de Golpe de Sorte, Sul, Paixão, Amor Maior, A Casa é Minha, Mar Salgado, Os Nossos Dias, Mundo ao Contrário, Sentimentos, Feitiço de Amor, Jardins Proibidos e Morangos com Açúcar, entre outras.

No cinema, estreou-se em 1999, com o filme António um rapaz de Lisboa. Integrou o elenco de películas como Amo-te Teresa, A Falha, Call Girl, Florbela e Submissão.

Em 2019, pisou os palcos pela última vez, no Tivoli, ao lado do ex-marido e de um dos filhos em comum, protagonizando Sonho de uma noite de verão.

Era com José Raposo que contracenava atualmente, na novela A Serra e na série Patrões Fora, ambas em exibição e em gravações.

Maria João Abreu e José Raposo foram casados durante 23 anos e tiveram dois filhos, Miguel e Ricardo Raposo. A atriz estava casada com o músico João Soares desde 2012.

A 30 de abril, cinco meses depois de perder o pai para a covid-19, Maria João Abreu sentiu-se mal e desmaiou durante as gravações da novela A Serra.

A atriz foi internada no Hospital Garcia de Orta, em Almada, e diagnosticada com rotura de aneurisma cerebral.

O mundo das artes ficou hoje mais pobre com a morte prematura de Maria João Abreu, aos 57 anos.

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Record TV Europa