Will Smith esbofeteia Chris Rock

Will Smith esbofeteia Chris Rock
PUB
Leaderboard - Pub CTT Western Union

Cerimónia dos Óscares marcada pelo momento em que ator sobe a palco para agredir colega. 

Foi um momento inédito na cerimónia dos Óscares.

Will Smith subiu ao palco e deu uma bofetada a Chris Rock, depois de o comediante ter feito uma piada sobre o cabelo da mulher do ator.

Jada Pinkett Smith tem o cabelo rapado porque sofre de alopecia, doença que causa a queda repentina de cabelo. 

Chris Rock gracejou sobre Jada ser a “G.I. Jane” e Will Smith subiu a palco e esbofeteou o colega.

Inicialmente a plateia pensou que se tratava de algo combinado, no entanto, o momento de tensão prosseguiu já com Will Smith de regresso ao lugar a gritar ameaçadoramente: “Deixa o nome da minha mulher fora da tua boca”. 

Will Smith, ao receber o Óscar de melhor ator, chorou e pediu desculpa pelo incidente, sem , no entanto, fazer referências ao ocorrido ou mencionar o nome de Chris Rock.

“A vida imita a arte e eu tornei-me um pai louco, como o meu personagem”, disse Will Smith.

“Neste momento da minha vida, estou sobrecarregado com o que Deus está a chamar-me para fazer e ser neste mundo. Por vezes, é preciso aturar insultos, e é preciso continuar a sorrir e a dizer que está tudo bem”, acrescentou o ator.

Veja a lista dos vencedores:

  • Melhor Filme: “CODA – No Ritmo do Coração”
  • Melhor Realização: Jane Campion – “O Poder do Cão”
  • Melhor Atriz: Jessica Chastain – “The Eyes of Tammy Faye”
  • Melhor Ator: Will Smith – “King Richard”
  • Melhor Ator Secundário: Troy Kotsur – “CODA – No Ritmo do Coração”
  • Melhor Atriz Secundária: Ariana DeBose – “West Side Story”
  • Melhor Argumento Original: “Belfast”
  • Melhor Argumento Adaptado: “CODA – No Ritmo do Coração”
  • Melhor Cinematografia: “Dune”
  • Melhor Montagem: “Dune”
  • Melhor Filme Internacional: “Drive my Car”
  • Melhor Documentário em Longa-metragem: “Summer of Soul”
  • Melhor Documentário em Curta-metragem: “The Queen of Basketball”
  • Melhor Filme de Animação: “Encanto”
  • Melhor Curta-metragem de Animação: “The Windshield Wiper”
  • Melhor Curta-metragem: “The Long Goodbye”
  • Melhor Banda Sonora Original: “Dune” – Hans Zimmer
  • Melhor Canção Original: “No Time to Die” — (“No Time to Die”)
  • Melhor Direção de Arte: “Dune”
  • Melhor Guarda-Roupa: “Cruella”
  • Melhores Efeitos Especiais: “Dune”
  • Melhor Som: “Dune”
  • Melhor Caracterização: “The Eyes of Tammy Faye”