Benfica enfrenta crise de resultados

Benfica

Equipa vermelha e branca sofreu a segunda derrota consecutiva ao perder por 2-1 diante do Gil Vicente.

A partida até começou com um golo Otamendi, mas Artur Soares Dias considerou que Vertonghen fez falta sobre um jogador do Gil Vicente e anulou o golo. Um lance que valeu muitos protestos da equipa encarnada e que acabou com o jogador belga a ver um cartão amarelo.

Aos 11 minutos, o Gil Vicente acabou por chegar ao golo. Samuel Lino tocou para Pedrinho e voltou a receber para rematar rasteiro para a baliza de Vlachodimos. O Benfica ficou muito mal na fotografia ao deixar muito espaço para a concretização da equipa gilista.

Gonçalo Ramos esteve perto do golo aos 24 minutos com a bola a passar muito perto da baliza.

Na segunda parte e depois de alguma insistência, o Gil Vicente aumentou a vantagem. Pedrinho bateu o canto e Aburjania de cabeça fez o segundo.

Perto do apito final o Benfica ainda conseguiu reduzir através de Gonçalo Ramos. Cruzamento na esquerda de Rafa e o avançado, no coração da área, cabeceou para a baliza do Gil.

Muitos assobios por parte dos adeptos encarnados naquela que foi segunda derrota consecutiva das águias.

Como está à vista, o Benfica atravessa uma crise de resultados e, ontem, depois do jogo, Rui Costa assumiu a responsabilidade pelo momento que o clube atravessa.

O presidente encarnado deixou ainda duras críticas à arbitragem não só no jogo, mas também de outras partidas em que considera que o Benfica saiu lesado. Rui Costa disse ainda que os jogadores têm de fazer muito melhor dentro do campo.