fbpx
Select Page
Desporto

Judoca português desclassificado por causa do telemóvel

Anri Egutidze foi o protagonista do momento insólito. Veja o vídeo.

13 Maio, 2019 - 11:38

Daniela Carrilho
Reprodução Twitter

O jovem, de 23 anos, nasceu na Geórgia, mas naturalizou-se português. Hoje, o atleta do Sporting é uma das maiores promessas do judo em Portugal.
Este fim de semana, o nome de Anri ecoou na imprensa internacional depois de ter sido desclassificado durante o combate contra o sueco Robin Pacek.

O motivo foi o facto de ter deixado cair um telemóvel no tatami.

O judoca assumiu automaticamente o seu erro. No entanto, nas redes sociais, Telma Monteiro decidiu comentar o caso, explicando o motivo pelo qual Anri tinha o telemóvel consigo.

“O Anri é português, representa a seleção nacional de judo, tem resultados de prestígio a nível internacional, é um excelente miúdo e muito bom colega de seleção. Errou, sim, é verdade. Ele sabe! Ele não está feliz, pelo contrário! (…) Já agora, porque é o Anri tinha o telemovel? O Anri levou o telemóvel para ouvir música e para se concentrar, como tantos outros atletas fazem, mas infelizmente esqueceu-se dele dentro do fato de judo”, revela a judoca.

View this post on Instagram

Eu não ia escrever nada até para não alimentar mais polémicas sobre o que aconteceu … Mas depois de tomar conhecimento de que o que aconteceu com o Anri saiu em tantos meios de comunicação, e de ver tudo o que tem sido comentado, quero aqui publicamente deixar-lhe uma palavra de incentivo e pedir-lhe desculpa, sim desculpa, em nome de todos aqueles que não sabem fazer críticas construtivas, que não sabem comentar sem ofender, que não o conheciam até este momento mas que agora lhe desejam o pior. Já li 'não é português', 'é daquele clube, só podia' – o Anri é português, representa a seleção nacional de judo, tem resultados de prestígio a nível internacional, é um excelente miúdo e muito bom colega de seleção. Errou, sim, é verdade. Ele sabe! Ele não está feliz, pelo contrário! Mas nunca ninguém errou?? Mesmo no trabalho? Somos todos assim tão perfeitos? A questão é que ele fez isso em frente a todos e agora está a ser crucificado. Calma pessoal! Chega de tanto ódio. Já agora, porque é o Anri tinha o telemovel? – O Anri levou o telemóvel para ouvir música e para se concentrar, como tantos outros atletas fazem, mas infelizmente esqueceu-se dele dentro do fato de judo! Foi erro sim, mas vamos ser sinceros, tantas críticas, tantos comentários maldosos, vêm muitas vezes de pessoas que mal podem esperar pra ver qualquer coisa polémica ou semelhante para virem descarregar as suas frustrações, e as suas inseguranças neste mundo virtual. Já agora, espero que fiquem a conhecer melhor o Anri, os seus resultados, e que da próxima vez que ele ganhar o apoiem com tanta intensidade como o criticaram, sem o conhecer. Fiquem bem e vamos ser mais solidários e positivos. Bom domingo ☀️

A post shared by Telma Monteiro (@telmamonteiro57) on

Veja o vídeo do momento:

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Receba a nossa Newsletter

Record TV Europa