Mulher que acusa Dani Alves sente-se “envergonhada e culpada”

Mulher que acusa Dani Alves sente-se
PUB

Câmara da polícia captou declarações da alegada vítima de violação.

Um agente da polícia catalã terá ativado sem querer a câmara que tinha ao peito, gravando desta forma as declarações da mulher que acusa Dani Alves de violação, avança o El Periódico.

A mulher, de 23 anos, estava, de acordo com as imagens, “lavada em lágrimas” e num “estado de nervosismo” enquanto descrevia o que tinha ocorrido na madrugada de 31 de dezembro.

De acordo com a alegada vítima, Dani Alves agrediu-a e violou-a, fazendo-a sentir-se “envergonhada e culpada por ter entrado na casa de banho da discoteca” com o lateral brasileiro.

Recorde-se que Dani Alves foi detido na passada sexta-feira assim que pôs os pés em território espanhol. O jogador viu a sua ligação com o Pumas chegar ao fim, após ter sido detido.

O brasileiro contratou um advogado muito reputado em Barcelona, Cristóbal Martell, que já defendeu Lionel Messi e o pai quando foram acusados de fraude fiscal.