Piloto russo celebra com saudação nazi

Piloto russo celebra com saudação nazi
FIA

Jovem de 15 anos garantiu que festejo não teve qualquer propósito nazi ou fascista.

Artem Severiukhin, um russo de 15 anos, conquistou o primeiro lugar no escalão 11-15 do Campeonato Europeu de Karting da FIA (Federação Internacional de Automobilismo), este fim de semana em Portimão, no Algarve.

Quando subiu ao pódio, o jovem, que corre pela bandeira italiana, fez uma saudação nazi.

A FIA abriu uma investigação, classificando o gesto como “inaceitável”.

“A FIA confirma ter lançado uma investigação imediata sobre a conduta inaceitável do Sr. Artem Severiukhin que ocorreu durante a cerimónia do pódio para a categoria OK na primeira ronda do Campeonato Europeu de Karting da FIA de 2022 no Kartódromo Internacional do Algarve, em Portugal”, pode ler-se em comunicado.

A Ward Racing, equipa do piloto russo, anunciou a rescisão imediata do seu contrato.

Num vídeo publicado no Instagram, Artem Severiukhin negou qualquer propósito nazi ou fascista.

“Quando estava no pódio fiz um gesto que muitos entenderam como uma saudação nazi. Isso não é verdade. Nunca apoiei o nazismo e considero-o um dos piores crimes da história da humanidade. Estou pronto para ser penalizado. Mas, por favor, acreditem que não houve intenção da minha parte em apoiar o nazismo ou o fascismo”, afirmou.