Buddy Valastro fala em exclusivo com o ‘Domingo Espetacular’

Buddy Valastro fala em exclusivo com o ‘Domingo Espetacular’
Record TV

Um ano após o acidente que lhe esmagou a mão, o confeiteiro revela que já fez cinco cirurgias.

Quase um ano após sofrer um grave acidente onde prendeu a mão numa máquina de bólingue, Buddy Valastro deu uma entrevista em exclusivo ao ‘Domingo Espetacular’.

Buddy Valastro, que apresentou na Record TV o programa ‘Batalha dos Confeiteiros’, recebeu a jornalista Evelyn Bastos em sua casa, em Nova Jersey, e contou detalhes do seu acidente e recuperação.

Em setembro do ano passado, Valastro ficou com a mão direita presa e esmagada na máquina de bólingue da sua mansão. Ao tentar arranjar o equipamento, Buddy ficou com os dedos prensados e perfurados pela máquina. Ele ficou preso por alguns minutos até a família conseguir soltar-lhe mão, que acabou esmagada.Pela primeira vez, ele mostrou a uma equipa de TV o local do acidente.

“Foram cinco operações até agora e já melhorou bastante”, conta. “Eu ainda faço fisioterapia, provavelmente até setembro, o que vai dar um ano depois do acidente. E são grandes as hipóteses de ter de fazer uma nova cirurgia.”

Numa visita à sua famosa fábrica de bolos e doces, ele contou como está a  reaprender os movimentos para fazer o que mais ama. “Considerando tudo o que aconteceu, não está nada mal, não é? Eu posso não servir para modelo de mãos, mas ainda posso fazer bolos!”

Buddy disse ainda que tem planos de voltar ao país assim que possível. “Assim que a pandemia melhorar, eu adoraria voltar ao Brasil. Ver as minhas lojas, encontrar os meus fãs!” Mas antes que isso aconteça, o foco está na sua recuperação.

Os filhos Buddy Jr. e Marco, de 17 e 14 anos, também participaram na entrevista. E o mais velho recordou como teve que socorrer o pai.

Veja a entrevista:

Domingo Espetacular - Buddy Valastro fala em exclusivo com o ‘Domingo Espetacular’

Domingo Espetacular - Buddy Valastro fala em exclusivo com o ‘Domingo Espetacular’