Famosas discordam sobre sinais da idade

Famosas discordam sobre sinais da idade
© Record TV
PUB

Uma das polémicas do momento é a discordância entre famosas sobre realizarem cirurgias estéticas para esconderem a idade ou assumirem as rugas e cabelos brancos.

A brasileira Gretchen, de 62 anos, é uma das apologistas dos procedimentos estéticos para manter a juventude. “Sinto-me maravilhosa”, conta a artista. Sobre a sua inspiração, ela afirma ser Madonna: “Nós temos a mesma idade. Acho que as mulheres têm de cuidar-se mesmo”.

Madonna, nas suas últimas publicações, começou esta polémica porque aparece sem nenhum sinal na pele. Uma postura diferente da de outras famosas, que por outro lado, têm orgulho das suas marcas.

Um destes exemplos é a atriz Betty Gofman, que assume os seus sinais do tempo, mas conta que recebe muitas críticas por isso: “Já me perguntaram quanto eu cobraria para assombrar uma casa”. [risos]

Em posição semelhante está a cantora franco-brasileira Virginie Boutaud que também aceita e ama os seus cabelos grisalhos. “Acho lindo as mulheres com cabelos cinzentos e o corpo que envelhece”, conta.

A apresentadora Adriane Galisteu, por outro lado, preza pelo equilíbrio. “Eu procuro olhar-me no espelho e entender-me com os meus defeitos, com a idade que tenho, com o cabelo branco a aparecer”, afirma.

Outro exemplo é a jovem cantora Gabi Martins, de 25 anos, que recebe diariamente muitas críticas pelas alterações no seu corpo. “Tenho vindo a fazer procedimentos para cuidar de mim e prevenir-me contra a idade”. [risos] E a apresentadora Carla Prata, por sua vez, também tem orgulho de estar nos 40 anos como está: “Prefiro o meu corpo de hoje ao que tinha aos 18 anos”.

Segundo um especialista em cirurgias faciais, as possíveis razões para o atual aumento dos procedimentos têm a ver com a era digital – das fotos e dos likes -, bem como a população estar a envelhecer mais cedo. Seja como for, é também verdade que as redes sociais são palco de opiniões e polémicas sobre tudo e todos, e a pressão para que todas as pessoas se apresentem no seu ‘melhor’ é forte e constante.