Rosiane revela apoio a Deolane

Rosiane revela apoio a Deolane
Record TV
PUB
Leaderboard - Pub CTT Western Union

Na ‘máquina da verdade’ Rosi demonstrou sinceridade e ganhou o prémio de aproximadamente quatro mil euros.

A peoa falou dos confinados no reality, disse quem não quer que vença e também declarou que gostaria de ver Deolane vencedora.

Débora continua a ser a maior inimiga de Rosiane fora do jogo, mas ela revela que, se ainda estivesse na competição, votaria em Vini para sair, porque prefere um inimigo declarado do que alguém que “joga baixo”.

“É mais fácil alguém que explode, como a Débora, do que alguém [como o Vini] que me leva café à cama, água, comida… que quer treinar comigo, que quer fazer macarrão e comida para mim”, referiu.

Além disso, Rosiane admite que foi “infeliz” na sua escolha de palavras – “tendo em conta os tempos que vivemos, onde as mulheres lutam há décadas para serem o que quiserem ser e fazerem o que quiserem fazer” – quando reagiu, num momento de fúria, apelidando outra participante de “safada” e que queria oferecer-se a qualquer homem da Fazenda.

A ex-peoa criticou também a postura de Ingrid, que “a oferecia aos homens da casa”, instigando-a a seduzir os homens “um por um”. E explicou: “Senti-me como se ela quisesse usar-me, como se ela fosse a dona do bordel e eu a prostituta”.

Por fim, Rosiane põe Débora, Vini, Tomás, Babi, Pelé e Luquinhas na lista daqueles que ela não deseja que ganhem o reality rural, enquanto mantém o seu apoio a Deolane.

Durante o ‘teste da verdade’, Faro diz que Rosiane teria chegado à final de ‘A Fazenda – Tudo a Ver’ se ela tivesse sido tão transparente quanto foi na resposta às perguntas, no programa ‘Hora do Faro’.

Rosi assumiu que no reality não conseguiu mostrar-se como realmente é. “Eu sou assim. Lá [na Fazenda] eu estava anestesiada”, replicou.