243 menores mortos na guerra na Ucrânia

Há mais de 500 mil refugiados ucranianos

Donetsk é a região ucraniana onde mais crianças morreram ou ficaram feridas.

De acordo com a procuradoria-geral do país, pelo menos 243 menores morreram na Ucrânia desde que a invasão russa começou, em 24 de fevereiro.

O número de feridos no conflito foi estimado em 444, segundo dados da mesma fonte, que não são definitivos, já que o Ministério Público não tem acesso às áreas onde os combates ainda estão ativos ou que foram ocupados pelos russos.

A região de Donetsk, no leste da Ucrânia, é a região onde mais crianças morreram ou ficaram feridas, totalizando 156 menores, enquanto na região de Kiev foram registadas 116 vítimas e na vizinha Kharkov, os casos já somam 109.

Outras regiões onde ocorreram mortes de menores são Chernigov, Lugansk, Kherson, Mykolaiv, Zaporijia, Sumy e Zhytomir.

Devido aos constantes ataques e bombardeamentos de áreas civis de cidades e vilas ucranianas pelas forças armadas da Federação Russa, foram danificadas 1.888 instituições de ensino, das quais 180 ficaram completamente destruídas.