fbpx
Select Page
Mundo

Absolvida mulher que matou marido após anos de violência doméstica

Britânica tinha sido condenada prisão perpétua.

1 Março, 2019 - 10:23

Virginia Galván

Foi absolvida em tribunal uma mulher que matou o marido em legítima defesa, após décadas de abusos.

Georgina Challen, de 65 anos, confessou o homicídio do marido, de 61 anos, na casa onde ambos viviam em Surrey, Reino Unido.

O crime remonta a agosto de 2010, após 40 anos de vida em comum, de violência doméstica e abusos por parte de Richard.

Georgina foi condenada a prisão perpétua em 2011, mas hoje foi absolvida, por se ter considerado que  vivia sob controlo coercivo.

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Receba a nossa Newsletter

Record TV Europa