Adolescente condenado a perpétua por matar menina de 12 anos

Adolescente condenado a perpétua por matar menina de 12 anos
Reprodução Facebook

Ava White foi esfaqueada no pescoço por um jovem na altura com 14 anos. O motivo foi um vídeo para a rede social Snapchat.

Um jovem foi condenado a uma pena de prisão perpétua, com um mínimo 13 anos detido, pelo homicídio de uma criança de 12 anos. Ava White foi mortalmente esfaqueada após um “encontro casual” com o rapaz, na altura com 14 anos, no centro da cidade de Liverpool, em Inglaterra.

O incidente ocorreu no dia 25 de novembro de 2021, o mesmo dia em que foram ligadas as luzes de Natal na cidade.

A menina foi esfaqueada pelo jovem no pescoço depois de esta ter-se dirigido a um grupo de rapazes pedindo que estes deixassem de filmá-la e ao grupo de amigos. Os jovens estariam a fazer vídeos para a rede social Snapchat. 

O jovem, que por motivos legais não foi identificado, não foi à audiência do tribunal pessoalmente, comparecendo através de videochamada. O jovem foi diagnosticado com transtorno de défice de atenção e hiperatividade. Ainda assim, a juíza não foi sensível aos aparentes problemas de saúde.

“Há apenas uma razão pela qual Ava está morta e é porque escolhes-te carregar uma faca e escolhes-te tirá-la e usá-la”, afirmou a juíza, citada pela Sky News. 

O rapaz alegou que queria apenas assustá-la e não tinha intenção de a magoar mas a acusação lembrou que após o esfaqueamento começou “uma operação consciente de encobrimento” do crime, tendo-se livrado da faca, do telemóvel e casaco.