fbpx
Select Page
Mundo

Amputam garras de leoa para visitantes brincarem com ela

Veja o vídeo chocante.

18 Fevereiro, 2019 - 15:34

Daniela Carrilho

Um jardim zoológico na Palestina está no centro da polémica ao sujeitar uma leoa a um tipo de mutilação atroz. Tudo isso para que os visitantes se sintam confortáveis a brincar livremente com o animal selvagem.

Cortar as garras aos leões tem graves consequências na sua qualidade de vida, uma vez que deixam de conseguir segurar comida ou subir terrenos.

De acordo com vários ativistas, citados pelo jornal Mirror, o procedimento foi feito de forma desumana, infligindo ao animal “uma dose de dor horrível, muito semelhante à de cortar os dedos a um ser humano a sangue frio. Tendo em conta que a amputação não foi feita num meio controlado e higiénico, o risco de infeção é muito elevado.”

Responsáveis do jardim zoológico defendem o procedimento e referiram à mesma publicação que é justificável devido ao facto de “reduzir a agressividade da leoa para que ela fosse mais amigável perante a presença dos mais do que muitos visitantes do parque” e “que a amputação não interfere em nada com a natureza do animal”.

Veja o vídeo chocante:

PUB

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Receba a nossa Newsletter

Record TV Europa