fbpx
Select Page
Mundo

Antidepressivo associado a morte súbita

Medicamento é comercializado em Portugal.

20 Março, 2019 - 12:04

Virginia Galván

Sertralina, um antidepressivo vendido em Portugal, está a ser associado a problemas cardíacos e morte súbita.

No Reino Unido já houve relatos de, pelo menos, 14 casos. Segundo o The Sun, Liam Batten morreu aos 24 anos, após tomar o antidepressivo para aliviar a ansiedade e a agorafobia.

De acordo com a autópsia, os níveis de Setralina no organismo de Liam terão sido fatais, depois de o médico lhe ter aumentado a dose, encontrando-se, ainda assim, dentro dos níveis recomendados.

Sadie Stock, de 28 anos, tomava o medicamento para curar uma depressão pós-parto e sofreu uma paragem cardíaca.

A Agência Reguladora dos Medicamentos do Reino Unido revelou que, desde 1990, 164 pessoas morreram após a toma do medicamento e 14 das mortes deveram-se a problemas cardíacos.

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Receba a nossa Newsletter

Record TV Europa