fbpx
Select Page
Mundo

Ator brasileiro e pais foram assassinados com 13 tiros

As autoridades brasileiras revelaram que só contra Rafael Miguel foram disparados sete tiros.

17 Junho, 2019 - 11:10

Record TV

Paulo Cupertino Matias, de 48 anos, disparou 13 tiros contra o genro, o ator Rafael Miguel, de 22 anos, e os seus pais, revelou o relatório da autópsia.

Os homicídios ocorreram a 9 de junho, na zona sul de São Paulo, no Brasil, quando o ator, que ficou conhecido por participar na série Chiquititas, iria alegadamente oficializar o namoro.

Segundo a investigação, o homem não aceitava a relação do ator com a sua filha, Isabela Tibcherani, de 18 anos.

O relatório indica que maioria dos tiros foram dirigidos a Rafael. No total foram sete, um na cabeça, um no peito, três nas costas e dois no braço esquerdo.

Já o pai do ator, João Alcisio, foi atingido quatro vezes a mãe, Miriam Miguel, duas.

O homicida continua em fuga depois de ter assassinado três pessoas. A polícia de São Paulo sabe que este já utilizou pelo menos duas viaturas.

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Receba a nossa Newsletter

Record TV Europa