Avó mata netos e filha deficiente

Avó mata netos e filha deficiente
Envato
PUB
Leaderboard - Pub CTT Western Union

Mulher admitiu o homicídio explicando que ofereceu uma refeição envenenada às vítimas. Caso aconteceu na Rússia.

Uma mulher de 49 anos confessou ter matado os três netos, de três, cinco e sete anos e a filha deficiente com 27 anos, depois de lhes ter oferecido uma refeição de massa envenenada. A filha da mulher, que sofria paralisia cerebral, será a tia a das crianças, segundo explica o jornal The Mirror.

O caso ocorreu em dezembro de 2021, na Rússia, sendo que na altura, a polícia acreditou que o caso trágico não passava de um acidente. As autoridades admitiram a possibilidade de as vítimas terem morrido depois de entrarem em contacto com veneno para mosquitos que tinha sido colocado do lado de fora de casa.

Lidia Viktorovna Shiryaeva terá confessado agora que foi ela a responsável pelos homicídios, explicando detalhadamente a forma com executou o plano. Os motivos não foram revelados, mas a polícia explicou que as mortes aconteceram num período de “relações hostis” no seio da família.

De acordo com a mesma publicação, o filho da mulher e pai das crianças terá afirmado que não acreditava que a mãe fosse responsável pelo crime.

O caso continua a ser investigado pelas autoridades russas.