fbpx
Select Page
PUB

Mundo

Boeing 737 MAX recebe “luz verde” para regressar aos céus da UE

A aeronave esteve fora do mercado na sequência de dois acidentes terem provocado a morte a 346 pessoas em apenas seis meses.

27 Janeiro, 2021 - 13:08

Record TV

A aeronave Boeing 737 vai poder voltar a cruzar os céus da União Europeia, depois de a Agência Europeia para Segurança da Aviação (EASA) ter emitido um comunicado no qual aprova o seu regresso ao serviço, desde que cumpridos determinados requisitos técnicos e de pilotagem.

“A EASA deu o seu selo de aprovação para o regresso ao serviço de uma versão modificada do Boeing 737 MAX, impondo um pacote de atualizações de ‘software’, trabalho elétrico, verificações de manutenção, atualizações do manual de operações e formação da tripulação, permitindo à aeronave voar em segurança nos céus europeus após quase dois anos em terra”, pode ler-se numa nota emitida hoje pela agência.

Os EUA já tinham concedido a mesma autorização em novembro do ano passado.

A aeronave esteve fora do mercado na sequência de dois acidentes, que ocorreram em apenas seis meses, terem provocado a morte a 346 pessoas.

De acordo com dados recolhidos durante investigações da EASA, a principal causa dos acidentes está relacionada com um ‘software’ que se destinava a tornar a aeronave mais fácil de operar.

A agência europeia exige agora que este programa operacional seja revisto, bem como que passem a ser emitidos alertas em caso de mau funcionamento do aparelho, de forma a evitar uma “total perda de controlo da aeronave”.

PUB

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Record TV Europa