Bolsonaro critica Lula em entrevista à Record TV

Bolsonaro critica Lula em entrevista à Record TV
PUB
Leaderboard - Pub CTT Western Union

Presidente brasileiro prometeu aumentar o ordenado mínimo se for reeleito.

Jair Bolsonaro criticou o ex-presidente Lula da Silva, numa entrevista à Record TV.

“Como o nosso governo não rouba, diferentemente do Lula, que roubou a nação em tudo quanto é lugar, sobra dinheiro para você, em concordância com projetos junto ao parlamento brasileiro, buscar dar um reajuste maior para o salário mínimo”, afirmou o presidente brasileiro, que prometeu aumentar o ordenado mínimo se for reeleito.

De acordo com Bolsonaro, o ordenado mínimo não foi ajustado à inflação em 2020, 2021 e 2022 devido à pandemia de Covid-19.

“Nós gastamos R$ 700 bilhões em 2020 não só para combater o vírus, mas com recursos para estados e municípios e para auxílio emergencial. Nós pagamos auxílio emergencial para 68 milhões de pessoas em 2020. Não tínhamos como ir além do reajuste equivalente ao da inflação”, frisou.

Bolsonaro disse que só vai aceitar a derrota em “eleições limpas”, mas não explicou como saberia que o processo eleitoral decorreu sem fraude.

“Com eleições limpas, sem problema nenhum. Assim como você não tem hoje em dia como comprovar um processo eleitoral, o outro lado não tem como comprovar que ele foi sério também”, disse o presidente brasileiro.