Brittney Griner regressa aos EUA após troca de prisioneiros

Brittney Griner regressa aos EUA após troca de prisioneiros
REUTERS
PUB

Basquetebolista norte-americana que estava detida na Rússia foi libertada em troca do traficante de armas russo Viktor Bout, conhecido como o “Mercador da Morte”.

Os Estados Unidos e a Rússia fizeram uma troca de prisioneiros, com Brittney Griner a regressar aos EUA em troca de Viktor Bout, o famoso traficante de armas, conhecido como “Mercador da Morte”, condenado em solo norte-americano a uma pena de prisão de 12 anos.  

Foi o próprio presidente Joe Biden a confirmar que a basquetebolista norte-americana estava segura, num avião dos Emirados Árabes Unidos a caminho de casa.

“Fico feliz em dizer que Brittney está de bom humor… ela precisa de tempo e espaço para se recuperar”, afirmou Biden na Casa Branca.

De recordar de Brittney Griner foi detida num aeroporto em Moscovo no passado mês de fevereiro, pela posse de óleo de cannabis.