fbpx
Select Page
Mundo

Cão esfaqueado no crânio para proteger dono

Duke ficou gravemente ferido, mas conseguiu salvar o dono do atacante.

12 Fevereiro, 2019 - 14:45

Daniela Carrilho
DR

O caso aconteceu na África do Sul. Gino Wensel, de 40 anos, passeava o seu cão, de raça Pastor Alemão, quando percebeu que um homem seguia na sua direção com uma arma em punho.

Duke colocou-se à frente do dono e rosnou ao agressor, de forma a colocar-lhe medo. No entanto, de acordo com o Daily Mail, o homem espetou-lhe uma faca no crânio, que alcançou uma profundidade de cerca de sete centímetros na cabeça do animal.

Duke conseguiu manter-se consciente e perseguiu o homem, afugentando-o. Pouco depois, o animal colapsou devido aos graves ferimentos.

Wensel pensou que o seu melhor amigo teria morrido mas, ao perceber que ele estaria a respirar, transportou-o para uma organização de caridade.

“O Duke sofreu um ataque de alto impacto que não tenho dúvidas que foi feito com intenção de matá-lo. Ele ficou em estado crítico e perto de morrer. Ele estava a alternar entre um estado consciente e inconsciente. Foi imediatamente sedado e medicado com analgésicos enquanto era encaminhado para fazer um raio-x”, contou Allan Perrins, porta-voz da Sociedade do Bem-estar Animal da África do Sul.

Por muito pouco a faca não atingiu o cérebro e ficou muito próxima da zona ocular.

Duke foi operado imediatamente e a lâmina acabou por ser retirada de forma segura. O cão recuperou rapidamente e, no dia seguinte, o dono reencontrou-se com o amigo de quatro patas.

Veja o vídeo desse momento:

 

PUB

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Receba a nossa Newsletter

Record TV Europa