China vai impor sanções a Nancy Pelosi

China vai impor sanções a Nancy Pelosi
REUTERS/Issei Kato
PUB

Em causa está a polémica visita da congressista a Taiwan. China alega que visita de Pelosi foi “provocatória” e “minou a soberania e a integridade territorial da China”.

A China anunciou esta sexta-feira que vai impor sanções específicas a Nancy Pelosi. As sanções não foram especificadas, mas surgem como resposta à visita da congressista norte-americana a Taiwan.

O ministério dos Negócios Estrangeiros chinês afirmou que Pelosi “desconsiderou as preocupações da China e a oposição resoluta à sua visita”. O país considerou ainda a visita de Pelosi como “provocatória”, afirmando que o evento “minou a soberania e a integridade territorial da China”.

De recordar que a China reclama Taiwan como seu território e opõe-se a que a ilha autónoma asiática realize compromissos próprios com governos estrangeiros.

Nancy Pelosi encontra-se a fazer um périplo por vários países asiáticos tendo incluído Taiwan no roteiro, apesar das ameaças chinesas e da desaprovação interna norte-americana. A visita não foi apoiada pela Casa Branca.

A líder da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos é a terceira figura de Estado norte-americana e foi a mais alta representante do país a visitar a ilha em 25 anos.