Comissão Europeia quer banir 50% dos pesticidas

Comissão Europeia quer banir 50% dos pesticidas

A Comissão Europeia pretende reduzir 50% dos pesticidas até 2030. A proposta vai abranger os 27 países e torná-los mais verdes e limpos.

Foi apresentada esta quarta-feira uma proposta que têm em vista reduzir 50% do uso de pesticidas químicos na União Europeia (UE) até 2030. Esta medida proíbe o uso de pesticidas em lugares públicos, incluindo jardins, parques, áreas de lazer e de desporto, entre outros locais de partilha. 

De forma a contornar a utilização destes produtos químicos, o executivo comunitário propõe a utilização de sistemas alimentares duráveis e saudáveis, tendo em conta o Pacto Ecológico Europeu e a Estratégia do Prado ao Prato. Para além disto, os agricultores vão ser apoiados financeiramente durante cinco anos, no âmbito da Política Agrícola Comum.

Bruxelas quer ainda restaurar ecossistemas danificados e recuperar a natureza até 2050. O objetivo é reparar 80% dos habitats europeus que se encontram lesados e “trazer a natureza de volta”, incluindo os ecossistemas marinhos. 

Vão ser traçadas metas nacionais vinculativas, tendo em conta o ponto de partida de cada Estado-membro. A Comissão Europeia pretende que “pelo menos 20% das zonas terrestres e marinhas estejam cobertas por medidas de recuperação da natureza”, até 2030. Até 2050 as medidas devem abarcar todos os ecossistemas da União Europeia que devem ser restaurados e tornarem-se mais “verdes”. 

São várias as organizações não-governamentais da área do ambiente que já acolheram esta proposta. O Parlamento o Conselho Europeus vão ainda aprovar a medida.