fbpx
Select Page
Mundo

Condenados por submeterem bebé a dieta vegan

Aos 19 meses, a menina parecia ter três. Não tinha dentes, não conseguia sentar-se, falar, alimentar-se ou brincar.

23 Agosto, 2019 - 17:35

Virginia Galván

Um casal australiano, com cerca de 30 anos, foi condenado por impor à filha bebé uma dieta vegan. A menina, de 19 meses, aparentava ter apenas três.

A bebé foi hospitalizada em março de 2018, após sofrer uma convulsão. Segundo a Australian Associated Press, não tinha dentes, apresentava os lábios azuis, os pés e as mãos frios e um baixo nível de açúcar no sangue.

No hospital, questionada sobre a dieta da filha, a mãe respondeu que de manhã lhe dava uma chávena de aveia e leite de arroz e uma banana. Ao almoço servia-lhe torradas com geleia ou manteiga de amendoim e ao jantar tofu, arroz ou batata.

No tribunal, em Sydney, a juíza criticou os pais: “Esta criança estava severamente desnutrida, abaixo do peso, com altura inferior à normal e atrasada em relação aos marcos apropriados para a idade. Ela não conseguia sentar-se, não conseguia dizer nenhuma palavra, não conseguia alimentar-se e não conseguia brincar”.

A juíza disse ainda que é da “responsabilidade de todos os pais garantir que a dieta que proporcionam aos filhos seja equilibrada e contenha nutrientes essenciais e suficientes para o crescimento ideal”.

Os pais foram condenados a uma pena de prisão de 18 meses, que foi convertida em 300 horas de prestação de serviços à comunidade.

A menina agora vive com um familiar, já foi vacinada, frequenta sessões de terapia da fala e realiza fisioterapia.

PUB

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Receba a nossa Newsletter

Record TV Europa