fbpx
Select Page
Mundo

Desmembra filho bebé e guarda restos mortais na mala

Nakira Griner, de 24 anos, disse às autoridades que o menino tinha sido raptado.

13 Fevereiro, 2019 - 13:13

Daniela Carrilho
DR

De acordo com o The Sun, a mulher terá dito à polícia que foi atacada a pontapé quando passeava com um dos filhos no colo e Daniel Jr na cadeirinha, tendo o mais novo desaparecido sem deixar rasto.

No entanto, a história contada por Nakira apresentava várias incoerências e a polícia acabou por fazer buscas no interior da casa da mulher, em New Jersey, EUA.

Foram encontrados os restos mortais do bebé de 23 meses queimados e desmembrados, divididos em sacos, debaixo de um barracão na casa de família.

Também foram encontrados restos mortais incinerados de Daniel Jr dentro da mala da mãe.

Entretanto, a mulher falhou no teste de detetor de mentiras e admitiu ter “magoado” a criança, porque Daniel “não comia nem a ouvia”.

As autoridades acusaram Nakira de homicídio em primeiro grau, negligência infantil, profanação de cadáver e adulteração de provas.

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Receba a nossa Newsletter

Record TV Europa