fbpx
Select Page
PUB

Mundo

Detidas 20 pessoas acusadas de tráfico ilegal de pessoas em Espanha

Em fevereiro, quatro pessoas morreram quando um barco suspeito de pertencer à organização se afundou.

12 Abril, 2021 - 13:39

Record TV com Lusa

A polícia espanhola anunciou hoje a detenção de 20 pessoas acusadas de pertencer a uma organização de tráfico ilegal de migrantes no Estreito de Gibraltar que responsabiliza por um naufrágio, em fevereiro último, no qual morreram quatro pessoas.

 

As vítimas desta organização, na sua maioria marroquinas e menores de idade, embarcavam em Ceuta, um enclave espanhol na costa norte de Marrocos, a poucos quilómetros da costa do sul de Espanha, explicou hoje a polícia num comunicado de imprensa.

Os migrantes atravessavam o Estreito de Gibraltar por 2.500 euros a bordo de barcos que podiam transportar de sete a 10 pessoas.

Durante a operação, que mobilizou 150 agentes polícia e da Europol (serviço europeu de polícia), foram encontradas cinco armas de fogo, numerosas munições, assim como três barcos e dinheiro.

As mortes de migrantes por afogamento são comuns nesta zona do Mediterrâneo ocidental, onde 330 pessoas morreram em 2020, segundo um relatório da Organização Internacional para as Migrações (OIM).

Até ao final de março, cerca de 4.377 migrantes tinham chegado a Espanha por mar desde o início do ano, tendo mais de metade deles desembarcado nas Ilhas Canárias, um arquipélago espanhol perto da costa de Marrocos a sul da ilha portuguesa da Madeira.

PUB

Últimas

PUB

Slide

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Record TV Europa