fbpx
Select Page
Mundo

Doía-lhe a cabeça e afinal estava grávida

Jovem foi colocada em coma e, quando acordou, tinha tido um bebé.

21 Fevereiro, 2019 - 12:27

Virginia Galván

Ebony Steveson deitou-se com uma forte dor de cabeça e, no hospital, em Manchester, colocaram-na em coma durante quatro dias. Quando acordou, tinha tido uma bebé.

Os médicos descobriram que a jovem de 18 anos sofria de pré-eclâmpsia, um distúrbio da gravidez que provoca pressão alta e dores de cabeça persistentes.

Durante o coma induzido, os médicos realizaram uma cesariana.

Ebony não tinha barriga de grávida, nunca sofreu de enjoos e nem sequer deixou de ter o período.

Os médicos acabaram por descobrir também que a britânica sofre de uma condição rara, ‘uterus didelphys’, ou seja, nasceu com dois úteros.

Um dos úteros continuou a sua função normal, enquanto o outro fez a gestação do bebé.

“Tive medo de não conseguir criar ligação com a minha filha, porque não tive tempo de me habituar à ideia da chegada dela, mas acho que ela é incrível. É um milagre absoluto. Não trocava a Elodie por nada neste mundo”, afirmou.

Advertisements

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Receba a nossa Newsletter

Record TV Europa