EUA anunciam sanções económicas contra indústria militar da Rússia

EUA anunciam sanções econômicas contra indústria militar da Rússia

As principais pessoas sancionadas são os membros da União de Voluntários do Donbass. A corporação Rostec também foi sancionada.

O governo dos Estados Unidos anunciou sanções económicas contra 70 empresas e 29 pessoas com ligações às Forças armadas da Rússia. O objetivo é reduzir o poder militar russo e assim limitar os seus esforços na invasão da Ucrânia. 

Em comunicado, o Departamento do Tesouro dos Estados Unidos detalhou os visados pelas sanções. Uma das entidades é a Rostec, conglomerado público russo dedicado a aumentar o poder da Rússia em áreas como tecnologia, poder militar e aeroespacial.

As pessoas sancionadas são principalmente membros da União de Voluntários do Donbass. 

Algumas das sanções emitidas implicam que todas as propriedades das pessoas ou organizações afetadas, no território dos Estados Unidos, sejam bloqueadas. Além disso foi imposta uma proibição aos norte-americanos de realizarem transações comerciais com estas pessoas ou empresas.

Joe Biden anunciou ainda durante a cimeira do G7 a proibição das importações de ouro da Rússia, uma sanção que já tinha sido prometida pelo presidente norte-americano.