fbpx
Select Page
Mundo

Fez 500 km para ter sexo com uma menor

Adolescente era, na realidade, um polícia disfarçado.

3 Novembro, 2019 - 16:36

Virginia Galván

Tommy Lee Jenkins percorreu centenas de quilómetros para ter relações sexuais com uma adolescente de 14 anos que era, afinal, um comandante da polícia disfarçado.

O pedófilo, de 32 anos, residia em Whitestown, no Indiana e deslocou-se a Neenah, no Wisconsin, fazendo mais de 500 quilómetros, para se encontrar com Kylee, de 14 anos.

Tommy começou a falar com a jovem na Internet, onde lhe pediu fotos “sexualmente explícitas” e fez planos para se envolver sexualmente com a adolescente.

No entanto, Kylee era na verdade o comandante do condado de Winnebago e o pedófilo foi detido pelas autoridades locais e pelo FBI.

Tommy foi acusado de usar meios digitais para tentar persuadir ou convencer uma menor a ter relações sexuais ilegais e enfrenta uma moldura penal que pode chegar a prisão perpétua.

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Receba a nossa Newsletter

Record TV Europa