fbpx
Select Page
Mundo

Fica paraplégica por causa de piercing no nariz

Layane Dias decidiu colocar um piercing em junho do ano passado mas, devido a uma infeção, ficou com lesões na medula óssea.

15 Fevereiro, 2019 - 18:48

Daniela Carrilho

A jovem estudante de Recursos Humanos, numa universidade em Planaltina, Brasília, reparou numa bolha vermelha um mês depois de colocar o piercing, mas sossegou ao perceber que desaparecera.

No entanto, pouco tempo depois, a brasileira começou a sentir dores insuportáveis na coluna até deixar de sentir as pernas. Foi internada no hospital e acabou descobrir que tinha uma infeção no sangue e a espinal medula invadida por 500 ml de pus.

Layane teria contraído uma bactéria, normalmente encontrada nas fossas nasais, que quando atinge a corrente sanguínea causa diversas mazelas. No caso da jovem, a bactéria entrou no seu organismo através da infeção provocada pelo piercing e o pus contaminou o sangue.

Layane Dias foi operada de urgência e, apesar de tudo ter corrido como previsto, a jovem deixou de conseguir andar.

“Depois da cirurgia, fiquei seis semanas internada e tive muito tempo para pensar. O verdadeiro choque foi ter de voltar para casa de cadeira de rodas”, lembra.

Depois de regressar a casa, onde vive com a mãe e a avó, a jovem de 21 anos tem acompanhamento psicológico e faz sessões de fisioterapia. “Faço exercício e até jogo basquetebol e andebol”, revela.

Layane Dias partilhou a sua história no Instagram. A publicação tornou-se viral e, além das mensagens de apoio, muitas pessoas fizeram questão de enviar donativos para que continue a lutar pelo sonho de voltar a andar.

“Foi a primeira vez que contei abertamente que um piercing me deixou paraplégica (…) Conheci outros jovens em cadeira de rodas e vi que posso ser feliz assim”, afirmou.

A estudante universitária não vai avançar com medidas judiciais contra o profissional que lhe fez o piercing.

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Record TV Europa