Homem afasta sem-abrigo à mangueirada

Homem afasta sem-abrigo à mangueirada
Reprodução Twitter
PUB

Episódio aconteceu em São Francisco nos EUA. Dono de galeria de arte foi detido depois da situação ter sido filmada e partilhada nas redes sociais.

A polícia de São Francisco prendeu um homem depois deste ter sido filmado a molhar uma mulher sem-abrigo, que estava sentada na rua, do lado de fora do seu estabelecimento, uma galeria de arte.

O episódio foi amplamente partilhado nas redes sociais causando uma onda de indignação e revolta conta Shannon Collier Gwin, acusado agora de 2 “borrifar” de forma intencional e ilegal, água sobre a pessoa. O homem de 71 anos foi detido na quarta-feira, nas imediações da sua loja.

“A alegada agressão de um sem-abrigo da nossa comunidade é completamente inaceitável, O Sr. Gwin vai enfrentar as consequências apropriadas pelas suas ações”, afirmou a procuradora Brooke Jenkins, na rede social Twitter.

A loja de Shannon terá sido mais tarde vandalizada por pessoas indignadas com o episódio, segundo informaram as autoridades.

Gwin partilhou entretanto uma vídeo onde lamenta a situação. Numa entrevista já tinha afirmado que tinha pedido à mulher para deixar aquele local.

“Para mim é difícil pedir desculpa quando não temos qualquer ajuda perante esta situação. Ligámos à polícia. Devem ter umas 25 chamadas no gravador”, explicou à imprensa norte-americana.

O episódio acontece numa altura em que São Francisco, tal como outras cidades onde os custos de habitação têm aumentado, luta para lidar para com o aumento do número de pessoas sem-abrigo. De acordo com a CNN Internacional, cerca de 4400 pessoas vivem nas ruas da cidade e outras 3400 em abrigos para pessoas necessitadas.