fbpx
Select Page
Mundo

Ir de Londres a Sidney em 4 horas? Vai ser possível em 2030

Está a ser desenvolvido um novo tipo de propulsor híbrido, no Reino Unido, para ser incorporado em aviões no futuro.

5 Outubro, 2019 - 14:34

Diogo Ramalho
CNN

O tempo de voo entre Londres e Sidney pode ser reduzido em 80%, em 2030, avança a CNN.

Foi feito um anúncio da Agência Especial Inglesa sobre um acordo de cooperação com a Agência Espacial Australiana para o desenvolvimento de tecnologias que possam levar à criação de uma “ponte espacial” que reduza o tempo da viagem e possa ser feita em apenas 4 horas.

À margem desta novidade, está a ser desenvolvido um novo tipo de propulsor híbrido que pode funcionar como um motor a jato hipersónico na atmosfera, o Synergetic Air-Breathing Rocket Engine. Este aparelho promete ser 50% mais rápido que o Concorde, o aparelho que ligava Paris a Nova Iorque em apenas 3h30 de viagem e voava no máximo 2,04 vezes à velocidade do som. O aparelho está a ser projetado para atingir cinco vezes a velocidade do som, num espaço onde será possível alcançar 25 vezes a velocidade do som.

O novo motor está a ser desenvolvido pela Reaction Engines, uma empresa com sede em Oxford, no Reino Unido. O objetivo do fabricante é ver os primeiros aviões equipados com o SABRE a voar em 2030.

PUB

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Receba a nossa Newsletter

Record TV Europa