Japão levanta medidas de proteção sanitária

Japão levanta medidas de proteção sanitária
Photo by Aleksandar Pasaric on Pexels.com

Medida entra em vigor amanhã.

O Governo do Japão anunciou que vai levantar as medidas contra o contágio por covid-19, face ao decréscimo do número de casos.

As medidas que ainda se mantêm em vigor em 18 autarquias, entre as quais Tóquio e Osaca, consistem em limitações horárias para negócios como bares e restaurantes, considerados como os principais focos de contágio.

O primeiro-ministro japonês, Fumio Kishida, disse numa conferência de imprensa que o Governo decidiu levantar estas medidas e – ao mesmo tempo – implementar outras ações para evitar uma nova vaga de casos de infeção pelo novo coronavírus, entre as quais disponibilizar mais doses de vacinas, testes e tratamentos para sintomas de covid-19.

“Temos de manter a máxima vigilância para garantirmos a segurança sanitária”, afirmou Kishida, assinalando o caráter “altamente contagioso da variante Ómicron e de outras possíveis variantes” que possam surgir. 

“Deve considerar-se o período atual como uma fase de transição em direção à normalidade”, afirmou Fumio Kishida. 

No passado mês de janeiro, perante uma nova onda de contágios provocada pela variante Ómicron, o executivo de Tóquio declarou medidas de emergência sanitária, mas conferindo às autoridades locais a possibilidade de aplicar ou não as normas ao setor privado e de oferecer compensações económicas.  

Face ao atenuar do número de casos de covid-19 no Japão, o Governo opta agora por levantar as medidas.