Macron e Le Pen defrontam-se hoje em debate

Macron e Le Pen defrontam-se hoje em debate
Reuters
PUB
Leaderboard - Pub CTT Western Union

Últimas sondagens preveem vitória do atual Presidente com 53 a 56% dos votos este domingo.

Emmanuel Macron e Marine Le Pen, os dois candidatos que vão disputar as eleições presidenciais em França no próximo domingo, têm hoje encontro marcado no único debate televisivo agendado para a segunda volta do escrutínio.

O duelo televisivo entre o Presidente cessante e a candidata de extrema-direita, que reeditam a corrida presidencial de 2017, está agendado para as 21:00 locais (20:00 hora de Lisboa) e é aguardado com grande expectativa, uma vez que Macron não participou em nenhum debate antes da primeira volta, realizada a 10 de abril.

As agências internacionais relataram que os dois candidatos optaram por ter as agendas livres na véspera do debate e concentrar esforços na preparação do frente-a-frente.

De um lado estará um Presidente cessante que terá de defender o seu desempenho nos últimos cinco anos, enquanto do outro uma candidata com más recordações do duelo televisivo de 2017, no qual surgiu mal preparada e cansada, e que já afirmou ter aprendido a lição.

Na primeira volta, Macron obteve 27,85% dos votos, contra os 23,15% da sua rival.

Sondagens recentes anteveem que o Presidente cessante irá conquistar o escrutínio com uma votação que oscilará entre os 54,5% e os 56%, contra Le Pen que conseguirá entre 44% a 45,5% dos votos.

Nesta reta final, os dois candidatos estão a tentar seduzir o voto crucial dos apoiantes de Jean-Luc Mélenchon (esquerda radical), que ficou em terceiro na primeira volta com quase 22% dos votos, e que pediu para não dar “um único voto” à extrema-direita.

No domingo passado, e na sequência de uma consulta a simpatizantes do partido França Insubmissa, de Mélenchon, cerca de 67% dos inquiridos afirmou que se absterá ou o votará em branco ou nulo na segunda volta das eleições presidenciais francesas.