Mais de 740 kg de cocaína escondidos em latas de atum

Apreendidos 260 kg de cocaína no aeroporto Francisco Sá Carneiro

Droga apreendida na Colômbia tinha como destino a Europa.

As autoridades colombianas apreenderam 744 quilogramas de cocaína escondidos em latas de atum numa casa no sudoeste do país, na fronteira com o Equador, disse na quinta-feira a Procuradoria-Geral da República.

A operação foi realizada numa casa em Ipiales, no departamento de Narino, por agentes da Direção Especializada contra o Tráfico de Drogas e do Corpo de Investigação Técnica (CTI, do Ministério Público colombiano) e não foram comunicadas quaisquer detenções.

No local, os investigadores encontraram 100 caixas de cartão contendo latas, nas quais o atum tinha sido trocado por 744 quilogramas de cocaína, disse a Procuradoria-Geral colombiana, numa declaração.

Segundo a investigação, a carga devia alegadamente seguir para a Europa.

Durante o mandato de quatro anos do ex-Presidente colombiano Ivan Duque, terminado em 7 de agosto, 391.947 hectares de coca e 20.722 laboratórios de processamento da droga foram destruídos e 2.071 toneladas de cocaína apreendidas.

Também durante este período, 717 pessoas foram extraditadas, 622 das quais colombianas. As restantes eram nacionais do Equador, do México e da Venezuela.

O Ministério da Justiça colombiano adiantou que 89% dos extraditados estavam envolvidos no tráfico de droga.