Mais de mil pessoas morreram após sismo no Afeganistão

Mais de mil pessoas morreram após sismo no Afeganistão
Reprodução Twitter/@AWahidRayan1

Último balanço dá conta de mais de mil mortos e cerca de 1500 feridos após abalo. Números podem continuar a aumentar. 

A informação foi avançada pela Bakhtar, agência de notícias afegã.

Centenas de casas terão ficado totalmente destruídas em vários distritos na região de Paktika, como mostram as fotografias publicadas pelo diretor da Bakhtar.

O abalo de magnitude de 6,1 foi sentido às primeiras horas da madrugada no país, com o epicentro a ser registado perto da cidade de Khost, a sul da capital Cabul e perto da fronteira com o Paquistão e foi sentido ao longo de 500 quilómetros

De acordo com números da ONU, nos últimos dez anos  mais de 7.000 pessoas morreram na sequência de terramotos no Afeganistão.