fbpx
Select Page
PUB

Mundo

Mais duas pessoas investigadas pela morte de Maradona

Sobe para sete o número de suspeitos de um alegado homicídio por negligência do antigo jogador argentino.

23 Fevereiro, 2021 - 14:49

Record TV

As autoridades argentinas estão a investigar mais duas pessoas pela morte de Diego Maradona, subindo para sete o número de pessoas na lista da justiça argentina.

Segundo a TyC Sports, a médica que coordenava o internamento domiciliário na casa do antigo jogador, Nancy Forlini, e o coordenador dos enfermeiros contratados pela empresa Medidom, Mariano Perroni, já foram informados de que são suspeitos de um alegado homicídio por negligência.

A mesma publicação adianta ainda que os dois profissionais, que integravam o grupo de WhatsApp de onde foram retiradas mensagens sobre o caso, irão comparecer amanhã no tribunal de San Isidro.

Nesta altura, são sete as pessoas envolvidas no alegado homicídio: Nancy Forlini, Mariano Perroni, o neurocirurgião Leopoldo Luque, a psiquiatra Agustina Cosachov, o psicólogo Carlos Daniel Díaz e os enfermeiros Dahiana Gisela Madrid e Ricardo Omar Almirón.

PUB

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Record TV Europa