fbpx
Select Page
Mundo

Matam mulher e arrancam-lhe bebé do ventre

by 17 Maio, 2019 - 16:13

Recém-nascido foi internado em estado grave.

by 17 Maio, 2019 - 16:13

Diana Rosa Rodrigues
Reprodução Facebook

Marlen Ochoa-Lopez estava grávida de nove meses e desaparecida há mais de três semanas, em Chicago, nos Estados Unidos. O corpo da mulher foi encontrado na madrugada de quarta-feira.

A jovem de 19 anos, que já tinha um filho de três, desapareceu no passado dia 23 de abril, depois de ter respondido a um anúncio no Facebook, onde ofereciam roupa de bebé.

No dia do seu desaparecimento, um recém-nascido deu entrada no hospital, ao mesmo tempo que uma outra mulher, de 46 anos, alegava ter dado à luz. A imprensa local explica que Clarisa Figueroa chamou os serviços de emergência, afirmando que tinha dado à luz em casa.

Foi nessa mesma habitação que, três semanas após o seu desaparecimento, foi encontrado o corpo de Marlen. “Acreditamos que ela [Marlen] foi assassinada e que o bebé foi removido à força após o homicídio”, disse o porta-voz da polícia de Chicago, Anthony Guglielmi, citado pela agência de notícias Associated Press. Guglielmi informou ainda que o bebé continua em “estado grave”. A polícia fala num “ato de indescritível violência”.

A polícia continua a investigar este crime macabro. Várias pessoas foram detidas para interrogatório. Duas mulheres, entre elas Clarisa Figueriam, estão acusadas de homicídio em primeiro grau e ainda crime grave contra criança.

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Receba a nossa Newsletter

Record TV Europa