fbpx
Select Page
Mundo

Médicos do Zimbabué em greve

Profissionais protestam contra a falta de equipamentos de proteção.

25 Março, 2020 - 16:23

Vânia Mateus
Reuters

Os médicos dos hospitais públicos do Zimbabué iniciaram hoje uma greve devido à falta de equipamentos de proteção, numa altura em que a pandemia de covid-19 começa a generalizar-se no país, fazendo com que o sistema de saúde entre em colapso.

De acordo com o presidente da Associação dos Médicos Hospitalares, estes profissionais estão em “alto risco” de contrair o vírus. Tawanda Zvakada acrescenta: “Voltaremos ao nosso trabalho só depois de o Governo implementar medidas adequadas, incluindo vestimenta apropriada”.

Diz o médico que têm carência de luvas, máscaras e batas, mesmo depois de terem regressado ao trabalho em janeiro, após uma paralisação de quatro meses, durante a qual defenderam melhores salários e condições de trabalho.

Até ao momento, o Zimbabué reportou três casos confirmados de infeção com o novo coronavírus e registou, esta semana, a primeira morte.

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Record TV Europa